quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Sakura (桜)


A flor de cerejeira é a flor símbolo do Japão, tão importante que o povo cultua a flor como a própria bandeira do país. Vendo todo esse esplendor e cultuação, fiquei curioso porque essa flor era tão representativa do caráter japonês e decidi pesquisar.

Nessa pesquisa, tive várias reflexões e a mensagem que a flor de cerejeira deixou para mim foi a de que a vida é passageira, e por isso, devemos viver o presente e apreciar todo momento se despertando, pois estes podem ser nossos últimos momentos.

Eis aqui o primeiro de alguns posts sobre essa flor tão simples e ao mesmo tempo profunda.



LENDA

Diz a lenda que SAKURA (flor de cerejeira em japonês) vem da princesa KONOHAMA SAKUYA HIME que teria caído do céu nas proximidades do monte Fuji e teria transformado nesta bela flor.
Outros acreditam que o nome tem origem na cultura do arroz. A parte da palavra “SA” vem do nome da divindade do arroz e a parte “KURA” vem do nome do depósito onde se guardava arroz, alimento básico dos japoneses, considerado uma dádiva divina.




SIGNIFICADO

Os japoneses apreciam muito as flores de cerejeira porque sua forma e cor refletem as noções ideais de pureza e simplicidade das pessoas. Outro aspecto da flor de cerejeira é a sua pureza. Suas flores de vida curta desabrocham em um dia e pouco tempo depois se dispersam ao vento.

A cerejeira era associada ao samurai, cuja vida era tão efêmera quanto a da flor que se desprende da árvore, pois nos períodos de guerra a morte espreitava a qualquer momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário